21/10/18 17:45

" Sindicato dos Professores das Escolas Públicas Municipais de Barueri e Região. "

MOÇÃO DE REPÚDIO

 

 

 

OS PROFESSORES DAS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE BARUERI, entidade representativa dos professores das escolas municipais de Barueri e região, na assembleia do dia 19 de setembro aprovaram a Moção de Repúdio à política do Governo Federal que acharca o bolso dos trabalhadores através do aumento de impostos praticado pelo governo Dilma do PT. Ao contrário do que a equipe econômica diz, os brasileiros não querem aumento de impostos, pois esse governo não tem credibilidade para aumentar impostos para tapar o buraco deixado pela incompetência na gestão nos últimos doze anos. Na segunda quinzena de janeiro, representante dos banqueiros no governo, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou a elevação do PIS e da Cofins sobre os combustíveis, sobre os produtos importados e o retorno da Cide, além dos aumentos do IPI sobre os atacadistas de cosméticos e do IOF no crédito para pessoas físicas. Além destas medidas, ocorreu um novo aumento nas contas de energia elétrica ao consumidor, estimado em pelo menos 30%, além do aumento das taxas de juros do financiamento imobiliário. E para agravar mais a situação, o governo anuncia um contingenciamento orçamentário que prevê cortes em áreas sociais, principalmente na educação (7 bilhões), tornando ainda mais precária a educação pública. Contudo mantém a previsão de pagamento da dívida pública para bancos e empresas em 2015 que chega a 1,3 trilhão o que significa 47% do orçamento. Por isso repudiamos a política do Governo Federal. A Educação não pode pagar essa conta, já que sequer recebeu os investimentos prometidos por esse governo.

 

Barueri, 25 de setembro de 2015.
Professores de Barueri


Compartilhar:

admin